Cidadania

PEDRO DE ALCÂNTRA ( LUTO )

           O que fala deste  homem, foi um grande legislador com acesso direto ao povo, que se  destacou por esta sempre ao lado dos menos favorecidos, se consagrou  na opinião pública como homem dedicado ao campo e à agricultura,  nascido no lugar COITÊ, município de Pastos Bons .

      PEDRO DE ALCÂNTRA radicou-se em Sucupira do Norte desde de 1966, com idade de 22 anos, casou em 1973, com dona Maria Neide Ribeiro Rego. Pedro abraçou como ramo de atividade a profissão de pedreiro e lavrador ao mesmo tempo. Em 1970 ingressou na politica  atendendo um pedido do senhor Raimundo Milhomem, nessa mesma época, era presidente do Grêmio do Ginásio Bandeirante, onde prestou relevante serviço á juventude loco. Se consagrou professor na escola Dr. Adonias Lucas de Lacerda.

    Como politico tem cinco mandato com vereador de 1971 à 1992, assinou a lista de frequência dos vereadores pela primeira vez no dia 1° de fevereiro de 1971.

    Se consagrou presidente da casa por três vezes:

        De 1977 à 1978

       De 1985 à 1986

       De 1989 à  1990

     Como politico estava  sempre em busca de beneficio em para aqueles mas necessitados, desde então  começava sua luta.

     No dia 05 de março de 1971, em sessão ordinária pediu ao Executivo  um terreno afim de construir um prédio para a sociedade de operários.

No dia 15 de maio de 1972, em sessão ordinário fez outro pedido ao Executivo, pediu um terreno para a construção da sede do sindicato dos trabalhadores rurais.

   Sempre que não concordava com os projetos do Executivo, como presidente das comissões pedia 30 minuto para analisar o projeto apresentado.

      Em 04 de maio de 1973 apresentou seu segundo projeto de lei , onde dava o direito de compra de matérias para manter o funcionamento da câmara de vereadores pois ele acreditava que estavam trabalhando sem instrumento necessários

  No dia 09 de maio de 1983 apresentou o  projeto de lei juntamente com seu colega Oscar Rocha pedindo o contrato de arrendamento com a telecomunicação  (telma)

   Acreditando que o pagamento não esta correto criou o projeto, e apresentou no dia 6 de maio 1985 onde autoriza o pagamento do  médio  Dr. Jetro Raposo Lima.

  E como sempre a favor do povo  viu que existia a lei que autorizava os comércios a fecharem as portas ao domingos e feriados, no dia 23 de julho de 1986 apresentou o projeto de Emenda Constitucional  Alterando a Lei N ° 007 de novembro de 1984 que  autoriza a ficar os comércios e as industrias de portas abertas aos domingos e feriados

   Vendo a necessidade de que precisava haver um prédio próprio para a câmara, já   que as sessões era realizada no prédio da prefeitura em uma sala. No dia 1° de março de 1989  apresentou o projeto de Lei pedindo a construção do prédio Legislativo da atual câmara de vereadores , todos os seus projeto eram aprovados por seus colegas . Logo em seguida seu pedido foi  sancionado, e  entre  1989 à 1990 aconteceu a construção deste prédio Legislativo da Câmara Municipal de Sucupira do Norte.

 

 

    

 

  

Mais em Cidadania


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!